• Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

 encontros, oficinas e  processos de aprendizagem

"Nada lhe posso dar que já não exista em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo." Herman Hesse

Convidamos indivíduos a refletirem e aprenderem com a sua própria prática e experiência, e a ampliarem sua compreensão acerca de jeitos de ver e ser no mundo que ajudam a lidar com a complexidade e com a vida. Identificamos os temas a partir do que ouvimos como interesse ou necessidade das pessoas ou em processos de consultoria que desenvolvemos.

 

Nossa principal base conceitual para desenvolver esses processos é a prática social reflexiva, inspirada no pensar de Goethe, precursor da fenomenologia. Os processos acontecem em vôo solo ou em parceria com outras pessoas e organizações e, dependendo do espaço e do propósito, podem ser de curta ou longa duração.

Activismo_Delicado_foto_fondo.jpg

ativismo delicado

07.jpg

escrita como prática

26.jpg

sobre a vida e o viver

Photo 15-08-16 20 57 39.jpg

temáticos

mao_planta.jpg

pensamento orgânico

03.jpg

viagens imersivas

 

ativismo delicado

uma maneira delicadamente radical de entender o mundo, 

que busca se engajar em transformar a realidade sem deixarmos que a luta em si se torne maior do que a mudança desejada

2019, São Paulo

Ativismo delicado: uma prática de transformação profunda

processo de 5 encontros para iniciar um mergulho nessa maneira delicadamente radical de entender o mundo

facilitação: Ana Biglione, Cesar Matsumoto e Tuca Porto

encontros-degustação de uma manhã para lideranças do Grupo AngaFundação BMW etc.

2018, São Paulo e Córdoba (Argentina)

Ativismo delicado: uma prática de transformação profunda

encontros-oficinas de um dia sobre essa prática, iniciando um contato vivencial 

facilitação: Ana Biglione, Carla Cabrera, Martin Bunge (Arg.), Patricia Busatto 

na Argentina em parceria com Emprendia e Espacio Abasto

2014 a 2015, São Paulo 

A prática do pensar: aprofundando a intervenção social

um ciclo de 3 oficinas de 3 dias cada com propósito de ampliar a consciência sobre nossa prática e anseios de mudança 
cada uma delas foi um encontro em si, que abordou teoria e prática, observação e intervenção, ação e presença 

facilitação: Allan Kaplan, Ana Biglione e Flora Lovato

Em parceria com o Instituto Fonte e Proteus Initiative

 

sobre a vida e o viver

um olhar para as questões da vida cotidiana, 

que as entende de forma complexa e viva, em constante transformação

2019, São Paulo

Trabalho e autenticidade

processo de 7 encontros de mergulho na história profissional de cada um e em um processo de reconexão com a sua prática

facilitação: Carla Cabrera e Patricia Busatto

2018, São Paulo 

Um olhar para as situações como processos vivos

encontro de 2 dias sobre o entendimento das situações como processos vivos e complexos, observando movimento, tempo, relação entre parte e todo

facilitação: Ana Biglione e Patricia Busatto 

2011, São Paulo

Vir a ser

processo de 4 encontros com propósito de ampliar a consciência a respeito do que somos, nosso caminho e papel no mundo, mergulhando tanto na nossa biografia, quanto na nossa prática

facilitação: Ana Biglione e Tuca Porto 

 

pensamento orgânico

um jeito de pensar que de fato nos provoca a estar em um novo paradigma, 

que inclui complexidade e vida, que vai além do sistêmico em seu olhar para a transformação

2013 a 2015, São Paulo

Paradigmas da transformação social: do pensamento sistêmico ao pensamento orgânico 

oficinas de curta duração de mergulho nas mudanças de paradigma que precisam acontecer no nosso jeito de pensar para que realmente tenhamos transformações efetivas

facilitação: Ana Biglione, Carla Cabrera, Tuca Porto e convidados

realizados para a Hub Escola, do Impact Hub

escrita como prática (da compreensão)

um jeito de escrever que nos coloca diante do que se apresenta,

tal qual como ele é, que amplia nossa compreensão sobre o que estamos vendo

2017 a 2018, São Paulo

O escrever como prática da compreensão

encontros de 1 dia de escrita livre e particular, onde o tema, conteúdo e tipo de escrita são definidos por cada participante 

são bem-vindas reflexões, ensaios, artigos, relatos de casos, propostas de trabalho, poemas

facilitação: Ana Biglione, Carla Cabrera e Patricia Busatto

 
 

temáticos

temas que tem nos instigado,

que queremos observar juntos e ampliar nossa compreensão

2016, São Paulo

Tempo e ritmo nas nossas práticas

Conversa e reflexão sobre o tempo

encontros de 3hs de experimentação e vivências sobre nossa relação com o tempo - no nosso fazer  e na vida

facilitação: Ana Biglione, Michelle Prazeres e Tuca Porto

em parceria com Desacelera SP

2016, São Paulo

Confiança

encontros de 1 dia sobre como desenvolver relações de confiança em meio a contextos formais, profissionais e desafiadores

facilitação: Ana Biglione, Carla Cabrera, Fabiana Toyama e Patricia Busatto

em parceria com Fabiana Toyama e Alma Ba

viagens imersivas

um mergulho de experimentação

inspirado pela prática que atuamos e pela natureza

2018, Towerland, África do Sul

A natureza como despertar da sensibilidade

processo de formação de 1 semana de desenvolvimento de uma sensibilidade que se aproxima da sabedoria da natureza, e que na medida em que nos transforma, também nos ajuda a nos manter conscientes e presentes a cada momento, atentos ao que é invisível aos olhos, mas essencial à vida.

facilitação: Allan Kaplan, Ana Biglione, Bruno Andreoni e Sue Davidoff

em parceria com Proteus Initiative

2012, Towerland, África do Sul

Desenvolvendo o todo por meio de relações vivas

processo de formação de 1 semana de desenvolvimento de capacidades - “ver” as relações, percebê-las como um campo complexo a ser cuidado, criar espaços-tempos para uma mudança efetiva em nosso trabalho e em nossa vida pessoal

facilitação: Allan Kaplan, Ana Biglione e Sue Davidoff

em parceria com Proteus Initiative

 

Hoje me deparei com situações em que as pessoas reproduziam padrões de ativismo indelicado (rs) e pensei como faz sentido esse tema. Lembrei do texto "o enigma do ativismo". Cobrei de mim mesma consciência e sabedoria para ativar tudo que estamos mobilizando na nossa conversa. E foi gratificante poder perceber.

 

Michelle Prazeres