• Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon

 sobre nós 

nada surge do nada 

“De uma colina baixa nas planícies de Athi da África Oriental, assisti uma vez as vastas manadas de animais selvagens pastando em uma quietude silenciosa, como fizeram desde tempos imemoriais, tocado apenas pelo sopro de um mundo primordial. Senti então como se eu fosse o primeiro homem, a primeira criatura, a saber que tudo isso é. O mundo inteiro ao meu redor ainda estava em seu estado primitivo; não sabia que era. E então, naquele momento em que soube, o mundo surgiu.”   Carl Jung

Nossa história começou do encontro de Tuca e Ana, que percebiam em comum um jeito de olhar pro mundo que busca ver não só aquilo que está diante de nós, mas também o fluxo, movimento e relações; aquilo que está por entre e a partir das coisas, situações e pessoas. As duas questionavam a unilateralidade como pressuposto: ou você trabalha, ou faz algo pessoal; ou você está ajudando ou você está atrapalhando... e se perguntavam porque não aceitávamos o “e”, somos profissionais e pessoais, ajudamos e atrapalhamos... dando vazão à simultaneidade e interpenetração de aspectos, muitas vezes, polares.

Um tempo depois chegou a Carla, que sempre esteve por perto, trazendo pra esse mesmo olhar um frescor que nos lembra que não temos respostas prontas, tudo é construído a partir do que emerge, de como nos relacionamos com aquilo que se mostra.

 

Depois ganhamos a presença da Patricia, que se reconheceu na existência dessa forma de pensar e agir que chamamos da prática social reflexiva e que, como para quase todos que chegam nesta abordagem, se reconheceu daquilo que sempre foi. É a partir desses encontros e dessa parceria que hoje a noetá se desenvolve. 

O fio desses encontros começa em um programa do Instituto Geração, organização que atuou com jovens adultos da elite econômica, fortalecendo seu engajamento na transformação social. Por sua vez, esse programa foi inspirado em grande parte pelo Instituto Fonte, organização que facilita processos de desenvolvimento social e ajuda indivíduos a compreenderem e aprofundarem sua atuação. Indo um passo mais além, o próprio Instituto Fonte é influenciado e tem relação com Allan Kaplan, da Proteus Initiative, iniciativa sul africana com atuação mundial que busca atuar com profissionais de forma a desenvolver sensibilidade, compreensão e prática na direção de uma integridade ecológica e coerência social. A Proteus Initiative é hoje um dos maiores parceiros e inspiradores da noetá, com quem nutrimos e reverenciamos nossa abordagem.

 

Diversas pessoas e várias organizações foram chave para esses encontros acontecerem, e muitas delas continuam bem próximas do nosso trabalho, nos inspirando e sendo inspiradas. A elas dedicamos nossa gratidão e reconhecimento. Sem essas pessoas, iniciativas e organizações, a gente possivelmente nem existiria.

as pessoas 

Ana Biglione

Carla Cabrera Duarte

Tuca (Carolina) Porto Montellano

Patricia Busatto

 

Somos quatro mulheres, cada qual envolvida em diversas iniciativas, que se encontram na noetá.

 

Estamos cercadas por uma comunidade repleta de pessoas que, como nós, procuram dar vida à sua prática a partir de um olhar cuidadoso e reflexivo para o que fazem. Trabalhamos em colaboração com essas pessoas, cujos fazeres nos inspiram e alimentam, fazendo viver a noetá como iniciativa porosa. Convidamos e somos convidados por pessoas, iniciativas ou organizações de acordo com talentos e disponibilidades.

 

Nesse confiar as potencias singulares trabalham juntas, ampliando nossa capacidade de ver e compreender, e fortalecem um atuar em rede.